EXAME DE SUFICIÊNCIA – CFC – 02/11 – Bacharel – Solução da Questão 31

31. Relacione a base de mensuração na primeira coluna com a descrição respectiva na segunda coluna e, em seguida, assinale a opção CORRETA. 

A sequência CORRETA é:

a) 2, 1, 3.

b) 2, 3, 1.

c) 3, 2, 1.

d) 3, 1, 2.

Resolução

A resposta a esta questão está apresentada no conteúdo do PRONUNCIAMENTO CONCEITUAL BÁSICO (R1) Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, emitido pelo CPC (Comitê de Pronunciamentos Contábeis) e pela NBC TG Estrutura Conceitual – Resolução no. 1.374/11.

Vamos então verificar o que diz o texto do Pronunciamento a respeito dos critérios de mensuração.

“Mensuração dos elementos das demonstrações contábeis

4.54. Mensuração é o processo que consiste em determinar os montantes monetários por meio dos quais os elementos das demonstrações contábeis devem ser reconhecidos e apresentados no balanço patrimonial e na demonstração do resultado. Esse processo envolve a seleção da base específica de mensuração.

4.55. Um número variado de bases de mensuração é empregado em diferentes graus e em variadas combinações nas demonstrações contábeis. Essas bases incluem o que segue:

(a) Custo histórico. Os ativos são registrados pelos montantes pagos em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo dos recursos entregues para adquiri-los na data da aquisição. Os passivos são registrados pelos montantes dos recursos recebidos em troca da obrigação ou, em algumas circunstâncias (como, por exemplo, imposto de renda), pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.

(b) Custo corrente. Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data do balanço. Os passivos são reconhecidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam necessários para liquidar a obrigação na data do balanço.

(c) Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera serão pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações.

(d) Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de saídas líquidas de caixa que se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.”

Tentando evitar o entendimento do texto por mera “decoreba”, vou resumir as formas de mensuração de uma maneira mais simples.

Custo histórico. É o valor da negociação efetuada, tanto para contas do Ativo quanto para contas do Passivo. É o valor nominal do contrato, da Nota Fiscal, da negociação.

Custo corrente. É o valor atualizado do Item, seja Ativo ou Passivo. No caso do Ativo é como se eu atualizasse meus estoques por exemplo pelo valor de compra na data do balanço. No Passivo é como se eu atualizasse as dívidas para a data do balanço, o que poderia incorrer em acréscimos de valores até a data do balanço.

Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). É o valor atual de mercado. Em outras palavras é o valor que eu conseguiria obter se me desfizesse do Ativo na data do balanço. No caso do Passivo funciona a mesma sistemática.

Valor presente. Tanto para o Ativo quanto para o Passivo refere-se ao valor histórico subtraído dos ônus financeiros adicionados na data da contratação. Como exemplo, podemos citar as compras e vendas a prazo, pois toda compra ou venda a prazo está adicionada de custo financeiro, porém contabilizamos sempre o valor total da nota fiscal como Contas a Pagar ou Contas a Receber respectivamente. O valor presente é o Valor total da Nota Fiscal subtraído do custo financeiro embutido nela.

A sequência CORRETA é:

a) 2, 1, 3.

Assista a videoaula deste post aqui

Clique aqui para a próxima questão

Você pode me encontrar também em outras redes sociais:

Youtube: https://www.youtube.com/mjcrabbit

Fan Page: https://www.facebook.com/profmariojorge.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/profmariojorge

Sobre Prof. Mário Jorge

Professor universitário e de Pós Graduação em disciplinas de contabilidade. Consultor empresarial na área de controladoria. Instrutor da SOMA Cursos e Consultoria Ltda.

8 Comentários

  1. Neide Aparecida de Lima Bertho

    Nossa eu amei, estava tentando resolver todas essas perguntas e não estava conseguindo, foi que resolvi pesquisar, para minha alegrai encontrei um anjo do ceu o Prof. Mario Jorge. que Deus o abençoi. como conseguir todas essas resolução.

    Responder
  2. wenia kaline

    gostaria de saber se o professor vai responder a prova do terceiro exame de suficiencia realizado em 25/03/2012, pois gostaria de conferir o gabarito. obrigado.

    Responder
      1. Renato Passos

        Professor. Tem como me fornecer um exemplo de ativo e passivo registrado a custo corrente?

        Renato Passos

        Responder
        1. Mário Jorge

          Renato, bom dia

          Na verdade os critérios de mensuração são utilizados de acordo com a característica de cada Ativo e Passivo, assim você não terá um Ativo e um Passivo com todas as contas utilizando o mesmo critério de mensuração, mas posso te dar um exemplo da utilização do custo corrente. Pode ser as contas a receber e a pagar mercado externo, pois deverão estar atualizados com base na taxa de dolar do último dia do mês corrente, ou pelo menos na data do balanço.

          Espero ter contribuído,

          abçs
          Prof. Mário Jorge

          Responder
  3. Eliana

    É muito bom ver profissionais que compartilham seus conhecimentos! Suas explicações são claras e objetivas, o que nos facilita muito!
    Obrigada e felicidades!

    Responder
  4. Fernando

    Muito boa explicação! Agradeço ao professor Prof. Mário Jorge por esclarecer minha dúvida!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *