EXAME DE SUFICIÊNCIA – CFC – 01/12 – Bacharel – Solução da Questão 11

11. Na Demonstração do Valor Adicionado, a despesa com aluguel, a energia elétrica consumida no período e o resultado positivo da equivalência patrimonial são evidenciados, respectivamente, como:

 

a) insumos adquiridos de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e remuneração

do capital próprio.

 

b) insumos adquiridos de terceiros; remuneração do capital de terceiros e valor adicionado recebido em transferência.

c) remuneração do capital de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e valor adicionado recebido em transferência.

d) remuneração do capital de terceiros; remuneração do capital de terceiros e remuneração do capital próprio.

 

Resolução

Primeiramente vamos olhar um exemplo completo da Demonstração do Valor adicionado, e em seguida vamos esclarecer o preenchimento, para podermos responder a questão.

Segundo o Pronunciamento Técnico CPC 09 – Demonstração do Valor Adicionado, valor adicionado representa a riqueza criada pela empresa, de forma geral medida pela diferença entre o valor das vendas e os insumos adquiridos de terceiros. Inclui também o valor adicionado recebido em transferência, ou seja, produzidos por terceiros e transferidos à entidade.

De maneira geral a DVA demonstra o valor da riqueza gerada pela empresa e a sua distribuição entre aqueles que contribuiram para a sua formação. O valor adicionado, conforme esclarecido no parágrafo anterior, é distribuído para quatro grupos, a saber: Pessoal (funcionários); Impostos, taxas e contribuições (governo); Remuneração de Capitais de Terceiros (bancos, fornecedores etc) e Remuneração de Capitais Próprios (sócios/acionistas).

Vamos entender os detalhes, das principais itens que compõem o Valor Adicionado.

1 – RECEITAS

1.1)       Vendas de mercadorias, produtos e serviços:

Valor das vendas Brutas (com os impostos incidentes: IPI, ICMS, PIS e COFINS) menos as devoluções e abatimentos, ou seja, Receita realizada

1.2)       Outras receitas:

Normalmente serão os ganhos e/ou perdas na alienação de imobilizado e investimentos

1.3)       Receitas relativas à construção de ativos próprios:

 

1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição)

Considera-se as perdas apropriadas ao resultado, bem como a reversão da provisão

 

2 – INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS

2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos:

Aqui serão computados apenas os insumos adquiridos de terceiros, que fazem parte do Custo das Vendas (DRE), como por exemplo: Matéria-prima, Material de embalagem etc. Esses valores devem ser considerados sem a dedução dos impostos. O mesmo tratamento deve ser dado para o caso de mercadorias e serviços adquiridos de terceiros.

2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros:

Referem-se a materiais, utilidades e serviços adquiridos de terceiros, que normalmente são considerados como despesas na DRE. Os valores devem ser computados sem a dedução de impostos, como no item 2.1

2.3) Perda / Recuperação de valores ativos:

Considerar os valores relativos a constituição ou reversão de perdas com desvalorização e redução ao valor recuperável de ativos, conforme CPC 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos.

 

6 – VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA

6.1) Resultado de equivalência patrimonial:

Resultado de equivalência patrimonial positivo ou negativo e dividendos recebidos de investimentos avaliados pelo método de custo.

6.2) Receitas financeiras:

Todas as receitas financeiras, incluídas no resultado, independente de sua origem.

 

Após apurarmos o Valor Adicionado total, devemos distribuí-lo em até 4 grupos, a saber:

8.1) Pessoal

Valores relativos as despesas com mão de obra (incluindo FGTS), que podem estar apropriados no custo do produto vendido ou nas despesas, na Demonstração do Resultado.

8.2) Impostos, taxas e contribuições

Todos os impostos, Municipais, Estaduais e Federais, incluindo o INSS parte do empregador. Os impostos compensáveis devem ser apresentados de forma líquida, ou seja, a parte incidente sobre as vendas deduzida da parte considerada nos insumos adquiridos de terceiros.

8.3) Remuneração de capitais de terceiros

Valores pagos ou creditados aos financiadores externos de capital, incluindo aluguéis ou outra remunerção que configure transferência de riqueza a terceiros

8.4) Remuneração de Capitais Próprios

Remuneração atribuída a sócios e acionistas

 

A questão pede a classificação dos seguintes itens de valor adicionado:

Despesa com aluguel

Energia elétrica, e

Resultado positivo da equivalência patrimonial

 

Segundo os esclarecimentos anteriores, devemos classificá-los como:

Despesa com aluguel: Remuneração de Capital de Terceiros

Energia elétrica: Insumos adquiridos de terceiros

Resultado positivo da equivalência patrimonial: Valores recebidos de terceiros

 

Alternativa correta letra “c”

Assista a videoaula deste post aqui

Clique aqui para a próxima questão

Você pode me encontrar também em outras redes sociais:

Youtube: https://www.youtube.com/mjcrabbit

Fan Page: https://www.facebook.com/profmariojorge.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/profmariojorge

Sobre Prof. Mário Jorge

Professor universitário e de Pós Graduação em disciplinas de contabilidade. Consultor empresarial na área de controladoria. Instrutor da SOMA Cursos e Consultoria Ltda.

3 Comentários

  1. Lêda Maria do Socorro Paula de Souza

    Professor, que Deus continue te abençoando, pois não é qualquer um que se dispoe a dividir conhecimentos como você, estou conseguindo resolver as questões com muita facilidade, através de suas explicações, simples e objetivas.

    Responder
  2. Frederico de Deus e Costa Bernardes

    Copio e colo exatamente o que a Lêda escreveu sobre o professor.
    Grande abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *