Sobre admin

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

18 Comentários

  1. Sérgio

    Professor boa noite e parabéns pelo seu trabalho! Apesar de já ter meu registro no CRC, fiz o segundo exame apenas pela reciclagem e acompanhamento de tantas mudanças. Vi sua resposta, mas ainda continuo com duvidas sobre a questão 19. Se existem, individualmente, 75 produtos na produção em andamento, por que é necessário fazer a equivalencia chegando em 27 produtos prontos, uma vez que fisicamente existem 75 produtos não acabados, ou seja, fisicamente não existem 727 produtos 100% acabados no estoque disponivel? Por que que o custo de prod. acabado não é considerado apenas sobre 700 mesas acabadas, uma vez que essa é quantidade que realmente está no estoque acabado?
    Abraços e desde já agradeço sua atenção.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Sérgio, boa noite

      O cálculo de equivalência é necessário, primeiro porque a questão pede o custo dos produtos acabados e dos produtos semi acabados e segundo porque informa o total de custos sem dizer quanto foi para os acabados e quanto foi para os semi acabados e quanto ainda falta gastar para ter os 77 produtos totalmente acabados. É preciso entender que para fazer um cálculo igualitário seria necessário saber quanto é o custo do restante do processo (64%), mas isso não foi informado, então não podemos fazer divisões iguais. A única maneira de chegarmos a um custo unitário correto é considerando que este total de custos informado já é o total final, mas para isso deveríamos considerar que todos os produtos estão acabados, então faz-se aí o cálculo da proporcionalidade.
      Veja que nós não estamos alterando as quantidades, apenas estamos fazendo um cálculo equivalente.

      Ao fazermos o cálculo de equivalência, estamos apenas dizendo que 77 produtos semi acabados em 36% equivalem (em valor) a 27 produtos prontos, dessa maneira conseguiremos ter um custo unitário correto para produtos acabados. A partir do momento que você tem um custo unitário único definido, você volta ao cálculo dos semi acabados ( e ai considera as quantidades reais). É como transformar tudo em uma coisa igual, única para ter um único denominador, assim consegue calcular.

      Sérgio, desculpa se por acaso eu te confundi mais, mas tentei explicar de uma maneira um pouco diferente para ajudar.

      Se acaso a dúvida persistir (é normal continuar com dúvidas nesse assunto) me avise, que vou pedir a um professor colega para ajudar na explicação.

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  2. Patricia rosa mota

    Ola Prof.

    Adoro suas explicações, são sempre claras e facil de enteder. Aproveito para perguntar sobre a questão 4. tenho algumas dificuldade em equivalencia patrimonial, voce poderia explicar?

    Fico no aguardo e obrigada!

    Responder
    1. Mário Jorge

      Patricia, boa tarde
      Obrigado pelos elogios.
      A questão 4 já publiquei em post e vídeo aula, dê uma olhada e se ficar com dúvidas poderei ajudá-la. Naquela questão o tema é consolidação, digamos que seja uma derivação da equivalência patrimonial.

      Quanto ao tema Equivalência Patrimonial, podemos dizer que é um pouco complexo se considerado todas as nuânces do tema (lucro não realizado, recebimento de dividendos etc.), mas posso dar uma visão resumida para melhorar seu entendimento.

      Para facilitar o esclarecimento vou usar um exemplo:
      Digamos que a Empresa “A” adquiriu, à vista, 60% de participação da Empresa “B”, e pagou por isso o valor de 3.000.000,00, pois o Patrimônio Líquido da Empresa B era de 5.000.000,00 (5.000.000,00 x 60% = 3.000.000,00)

      Ao adquirir a participação, a Empresa “A” efetuaou a seguinte contabilização
      Débito = Investimentos em controladas
      Crédito = Caixa
      Valor do lançamento = 3.000.000,00

      Suponhamos agora, que no próximo balanço patrimonial a Empresa “B” apresentou um lucro de 800.000,00, sendo assim seu patrimônio Líquido passou de 5.000.000,00 para 5.800.000,00.

      A Empresa “A” tem uma participação de 60% da Empresa “B”, ou seja, 60% sobre o Patrimônio Líquido da Empresa “B”, portanto o valor atual do Investimento de “A” em “B” é igual a 3.480.000,00 (5.800.000,00 x 60%), mas o registro na conta de investimento é de apenas 3.000.000,00 (registro inicial).

      Nesse momento é que se faz o cálculo e o registro da equivalência patrimonial

      Valor atual do Investimento = 3.480.000,00
      Valor inicial do investimento = 3.000.000,00
      Ajuste de Equivalência Patrimonial = 480.000,00

      Contabilização na Empresa “A”:
      Débito = Investimento em Controladas
      Crédito = Receita de Equivalência Patrimonial (DRE)
      Valor do lançamento = 480.000,00

      Então, o que representa os 480.000,00?
      É exatamento os 60% sobre o lucro obtido pela controlada “B” (800.000,00)

      Resumidamente, Equivalência Patrimonial é reconhecer na controladora o lucro obtido pela controlada no valor equivalente ao percentual de participação da controladora no patrimônio líquido da controlada(por isso “Equivalência Patrimonial”)

      OBS.: LEMBRANDO QUE MEU ESCLARECIMENTO AQUI ESTÁ DA FORMA MAIS RESUMIDA POSSÍVEL. PARA UTILIZAR O MÉTODO, É NECESSÁRIO A LEITURA DOS CPCs 18,19 e 36, DAS NORMAS TÉCNICAS EXISTENTES, E AINDA CONSIDERAR TODOS OS DETALHES OPERACIONIAS ENVOLVIDOS NA OPERAÇÃO

      Espero ter ajudado, mas se ainda restarem dúvidas, por favor me avise para que eu possa melhorar a explicação

      Abçs

      prof. Mário Jorge

      Responder
  3. Sérgio

    Professor Mario, boa noite!
    Infelizmente essa questão 19 ainda está um pouco complicada, preciso me aprofundar um pocuo mais, mas de toda forma agradeço sua atenção e sua rápida resposta.
    Abraços

    Sérgio

    Responder
    1. Mário Jorge

      Sérgio, bom dia

      Entendo…..tem temas que realmente não são muito simples, e esse é um deles.

      O Eliseu Martins, grande mestre e em especial na área de custos tem livros somente de exercícios publicados, dê uma olhada, talvez fazendo alguns exercícios facilite mais o entendimento.

      De qualquer forma continuo a disposição,

      abçs e bons estudos

      Prof. Mário Jorge

      Responder
  4. Adilson Vieira Cardoso

    Pessoal da contabilidade um excelenter blog para estudar para o exame de Bacharel ou técnico é do professor Cristiam, é so buscar no Google Gabarito extra oficial do exame de contabilidade, e clicar, vale muioto a pena.

    Responder
  5. JULIANA

    OLA PROF
    Paeabens pela sua iniciatival, seu conhecimento esta sendo de grande ajuda em meus estudos para a oprova do CRC….
    professor ja aproveitando poderia por favor fazer uma comparacao entre as questoes 46 prova crc2 e a questao 30 do crc1 ambas provas de Bacharel de 2011… Estou fazendo confusao ao interpreta-las…. aguardo resposta desde ja muito obrigada…..
    parabens pelo seu trabalho sua didatica e exelente….abracos

    Responder
    1. Mário Jorge

      Juliana, boa noite

      obrigado pelos elogios sobre o blog.

      Quanto as questões, infelizmente não posso ajudar, Matemática Financeira não é meu forte, por isso tenho resolvido apenas as questões relacionadas a minha área de conhecimento: Contabilidade Comercial, Industrial, Teoria e Análise.

      desculpa por não poder ajudar,

      bons estudos,

      abçs

      Prof. Mário Jorge

      Responder
  6. JAIR LOUZADA DO AMARAL

    CARO PROFESSOR JORGE:

    não consigo determinar o Custo Unitario dos Produtos acabados
    Inicial 600 final 500 unidades

    Responder
    1. Mário Jorge

      Jair, boa noite

      Qual é o número da questão?

      Prof. Mário Jorge

      Responder
  7. Adriano Leal

    boa noite esta questão é muito dificil vou presta a proxima prova do CRC e estou com muito medo pois vendo de 1 instituição de ensino onde o aprendisado foi muito ruin na área. Gostaria de ter e-mail com algumas questões para mim tentar fazer desde já quero agradecer.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Adriano, boa tarde

      Acompanhe o blog, pois estarei publicando a resolução das questões, em posts e vídeo aulas.

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  8. Micheley

    Olá professor! Estou com dúvidas na resolução. A primeira é pq no cálculo do custo unitário dos produtos em processo somamos 160 relativos a 1 unidade acabada e os outros custos somente relativos a 36%?
    A segunda questão é que no cálculo dos custos (sem matéria prima) consideramos 727 unidades acabadas, sendo que essas 27 são o equivalente as unidades inacabadas, com isso pq não podemos, para calcular o total dos custos inacabados, multiplicar essas 27 com o 119,26?
    Espero não ter sido tão confusa! ^^

    Responder
    1. Mário Jorge

      Micheley, boa noite

      1) consideramos os 160, porque no enunciado está escrito que a Matéria prima já foi requisitada para toda a produção, então é como se não tivéssemos produtos em elaboração

      2) A segunda pergunta ficou um pouco confusa, mas o que fizemos foi achar primeiro o custo do produto acabado para ter um parâmetro. Depois disso temos que considerar 0s 36% porque na verdade os 119,26 é somente para acabados.

      Espero ter ajudado

      abçs
      prof. Mário Jorge

      Responder
  9. sheila

    Olá professor,
    Não entendi a questão 07 do 02/2011… podes explicar?

    Obrigada!

    Responder
    1. Mário Jorge

      Sheila, boa noite

      A questão pede o saldo do Estoque de acordo com a NBC TG 16.
      Nessa Norma é dito que o Estoque deve ser registrado pelo valor de Custo ou Valor Realizável Líquido, dos dois o menor.
      Então o que precisamos fazer é comparar os dois

      O valor de custo foi informado, e o Valor realizável líquido é igual ao Valo de Venda subtraído dos Gasto com Vendas.
      Então o que fizemos foi calcular a comparação entre esses dois valores, de cada produtos, e adotar o menor.

      Espero ter ajudado,

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>