Sobre Prof. Mário Jorge

Professor universitário e de Pós Graduação em disciplinas de contabilidade. Consultor empresarial na área de controladoria. Instrutor da SOMA Cursos e Consultoria Ltda.

24 Comentários


  1. Ola bom dia! muito boa a explicação. Tem como o Professor explicar a questão 22. Não consigo fazer ela de jeito nenhum, desde de já agradeço as explicação das questões anteriores.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Bom dia Arisael,
      Obrigado,
      Esta semana estarei publicando a resposta da questão 22 e outras

      abs.
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  2. Elisangela

    Bom dia, queria que você publicasse das questões 16 até 28 e a 45 também. Desde já agradeço pela sua colaboração.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Elisangela, bom dia

      Esta semana ainda vou publicar mais soluções, inclusive algumas dessas

      abs.

      Prof. Mário Jorge

      Responder
    1. Mário Jorge

      Ninha, bom dia
      Infelizmente a questão 16 trata basicamente de matemática financeira, que não é o meu forte. Neste momento em virtude do pouco tempo que tenho, estou dando prioridade as questões relacionadas aos temas que tenho maior domínio, ou seja, Contabilidade Comercial, Industrial e Teoria da Contabilidade.

      abs.

      Prof. Mário Jorge

      Responder

  3. Boa noite professor

    obrigado por responder essas questões

    Por favor o senhor poderia resolver as questões 25 e 26.

    Abraços

    Antonio

    Responder
    1. Mário Jorge

      Antonio, boa noite
      A questão 25 já está respondida no blog, mas a questão 26 foi anulada

      bons estudos,
      abs.
      Prof Mário Jorge

      Responder
  4. Renan

    Professor tenho uma dúvida:

    IPI é recuperável apenas para Indústria correto?
    Não há em nenhum local o tipo de atividade da empresa, portanto se é possível afirmar que o IPI é recuperável ( que no caso foi “excluido” do valor da mercadoria no Estoque). Esse fato alteraria a resposta para R$ 2.862,00 ( Claro não temos essa alternativa, então por dedução a empresa é do ramo industrial, porém creio que deveria ser anulada a questão).

    Responder
    1. Mário Jorge

      Renan,

      Apesar de não estar mencionado que é uma indústria, podemos deduzir isso pelo fato de se tratar de estoque de Matéria Prima, haja vista que no comércio teremos apenas estoque de mercadorias para revenda.
      É preciso tomar muito cuidado com essas questões, as vezes precisamos ler várias vezes.

      bons estudos

      abçs

      Prof. Mário Jorge

      Responder
  5. Miriam

    Olá professor, complementando este exercicio, vamos supor que O produto final foi vendido a prazo por R$ 12.800,00 com um custo total apurado de R$ 7.415,00. Já incluídos no valor de venda R$ 395,00 de IPI e R$ 294,00 de ICMS. A empresa vendedora assumiu os fretes no valor de R$ 85,00 e o pagamento foi à vista.

    Informação adicional:
    A empresa é optante do Lucro Presumido.

    Pede-se:
    a) Apurar e contabilizar o valor da matéria-prima e os respectivos impostos (todos recuperáveis).

    b) Apurar e contabilizar os impostos a pagar do período e explicar se houve direitos ou obrigações com as respectivas operações.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Miriam, boa tarde

      segue a continuidade

      CONTABILIZAÇÕES PELA COMPRA DA MATÉRIA PRIMA
      Débito Estoque de Matéria Prima 2.508,00
      Débito I.P.I. a Recuperar 150,00
      Débito I.C.M.S. a Recuperar 342,00
      Crédito Fornecedores ou Caixa ou Bancos

      Débito Estoque de Matéria Prima 204,00
      Crédito Fretes a pagar ou Caixa ou Bancos 204,00

      CONTABILIZAÇÕES PELA VENDA DO PRODUTO ACABADO

      Débito – Duplicatas a Receber – 12.800,00
      Crédito – Receita Bruta com Vendas – 12.800,00

      Débito – Custo do Produto Vendido – 7.415,00
      Crédito – Estoque de Produto Acabado – 7.415,00

      Débito – IPI Sobre Vendas – 395,00
      Crédito – IPI a Recolher – 395,00

      Débito – ICMS Sobre Vendas – 294,00
      Crédito – ICMS a Recolher – 294,00

      Débito – Despesas com Fretes – 85,00
      Crédito – Caixa – 85,00

      APURAÇÃO DOS IMPOSTOS (considerando a compra de matéria prima e a venda do produto acabado)

      Débito = ICMS a Recolher = 294,00
      Crédito – ICMS a Recuperar = 294,00

      Débito – IPI a Recolher – 150,00
      Crédito – IPI a Recuperar – 150,00

      SALDO DOS IMPOSTOS

      IPI A RECOLHER = 245,00
      ICMS A RECUPERAR = 48,00

      Faltou informação quanto aos outros custos de produção e por esse motivo não fizemos lançamento de baixa do estoque de matéria prima, e de entrada no estoque de produto acabado

      Espero ter esclarecido,

      abçs

      Responder
  6. Michelle

    Professor, dando continuidade a este exercício, e se o produto final for vendido a prazo por R$ 12.800,00 com um custo total apurado de R$ 7.415,00, já inclusos no valor de venda R$ 395,00 de IPI e R$ 294,00 de ICMS? Considerando que a empresa vendedora assumiu o frete no valor de R$ 85,00 pagando a vista.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Michelle, boa tarde

      segue a continuidade

      Boa tarde Ivone,

      CONTABILIZAÇÕES PELA COMPRA DA MATÉRIA PRIMA
      Débito Estoque de Matéria Prima 2.508,00
      Débito I.P.I. a Recuperar 150,00
      Débito I.C.M.S. a Recuperar 342,00
      Crédito Fornecedores ou Caixa ou Bancos

      Débito Estoque de Matéria Prima 204,00
      Crédito Fretes a pagar ou Caixa ou Bancos 204,00

      CONTABILIZAÇÕES PELA VENDA DO PRODUTO ACABADO

      Débito – Duplicatas a Receber – 12.800,00
      Crédito – Receita Bruta com Vendas – 12.800,00

      Débito – Custo do Produto Vendido – 7.415,00
      Crédito – Estoque de Produto Acabado – 7.415,00

      Débito – IPI Sobre Vendas – 395,00
      Crédito – IPI a Recolher – 395,00

      Débito – ICMS Sobre Vendas – 294,00
      Crédito – ICMS a Recolher – 294,00

      Débito – Despesas com Fretes – 85,00
      Crédito – Caixa – 85,00

      APURAÇÃO DOS IMPOSTOS (considerando a compra de matéria prima e a venda do produto acabado)

      Débito = ICMS a Recolher = 294,00
      Crédito – ICMS a Recuperar = 294,00

      Débito – IPI a Recolher – 150,00
      Crédito – IPI a Recuperar – 150,00

      SALDO DOS IMPOSTOS

      IPI A RECOLHER = 245,00
      ICMS A RECUPERAR = 48,00

      Faltou informação quanto aos outros custos de produção e por esse motivo não fizemos lançamento de baixa do estoque de matéria prima, e de entrada no estoque de produto acabado

      Espero ter esclarecido,

      abçs

      Responder
  7. ivone santana

    Professor tem como me ajudar neste trabalho,a primeira parte esta explicada, mas nao consigo resolver a segunda parte da venda.

    (Exame de Suficiência do CFC 2001/1- Adaptada) Uma matéria-prima foi adquirida a
    prazo por R$ 3.000,00, incluídos nesse valor R$ 150,00 referentes ao IPI e R$ 342,00
    relativos ao ICMS. O frete de R$ 306,00 foi pago à vista pelo vendedor, que enviou o
    material via aérea, mas a empresa compradora teve que arcar com o transporte entre o
    aeroporto e a fábrica, pagando à vista um valor de R$ 204,00. O produto final foi vendido
    a prazo por R$ 12.800,00 com um custo total apurado de R$ 7.415,00. Já incluídos no
    valor de venda R$ 395,00 de IPI e R$ 294,00 de ICMS. A empresa vendedora assumiu
    os fretes no valor de R$ 85,00 e o pagamento foi à vista.
    Informação adicional:

    A empresa é optante do Lucro Presumido.

    Pede-se:
    a) Apurar e contabilizar o valor da matéria-prima e os respectivos impostos (todos
    recuperáveis).
    b) Apurar e contabilizar os impostos a pagar do período e explicar se houve direitos ou
    obrigações com as respectivas operações.

    Observação:

    Todos os lançamentos contábeis sobre as operações apresentadas deverão ser efetuados.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Boa tarde Ivone,

      CONTABILIZAÇÕES PELA COMPRA DA MATÉRIA PRIMA
      Débito Estoque de Matéria Prima 2.508,00
      Débito I.P.I. a Recuperar 150,00
      Débito I.C.M.S. a Recuperar 342,00
      Crédito Fornecedores ou Caixa ou Bancos

      Débito Estoque de Matéria Prima 204,00
      Crédito Fretes a pagar ou Caixa ou Bancos 204,00

      CONTABILIZAÇÕES PELA VENDA DO PRODUTO ACABADO

      Débito – Duplicatas a Receber – 12.800,00
      Crédito – Receita Bruta com Vendas – 12.800,00

      Débito – Custo do Produto Vendido – 7.415,00
      Crédito – Estoque de Produto Acabado – 7.415,00

      Débito – IPI Sobre Vendas – 395,00
      Crédito – IPI a Recolher – 395,00

      Débito – ICMS Sobre Vendas – 294,00
      Crédito – ICMS a Recolher – 294,00

      Débito – Despesas com Fretes – 85,00
      Crédito – Caixa – 85,00

      APURAÇÃO DOS IMPOSTOS (considerando a compra de matéria prima e a venda do produto acabado)

      Débito = ICMS a Recolher = 294,00
      Crédito – ICMS a Recuperar = 294,00

      Débito – IPI a Recolher – 150,00
      Crédito – IPI a Recuperar – 150,00

      SALDO DOS IMPOSTOS

      IPI A RECOLHER = 245,00
      ICMS A RECUPERAR = 48,00

      Faltou informação quanto aos outros custos de produção e por esse motivo não fizemos lançamento de baixa do estoque de matéria prima, e de entrada no estoque de produto acabado

      Espero ter esclarecido,

      abçs

      Responder
  8. Miguel

    Olá, Prof. Mário. Parabéns pelo site.

    Sou iniciante em contabilidade e nos passaram esta questão, só q adaptada. Pode dar uma olhada?
    ———————————–
    Uma matéria-prima foi adquirida a prazo por R$ 3.000,00, incluídos nesse valor R$ 150,00 referentes ao IPI e R$ 342,00 relativos ao ICMS. O frete de R$ 306,00 foi pago à vista pelo vendedor, que enviou o material via aérea, mas a empresa compradora teve que arcar com o transporte entre o aeroporto e a fábrica, pagando à vista um valor de R$ 204,00. O produto final foi vendido a prazo por R$ 12.800,00 com um custo total apurado de R$ 7.415,00. Já incluídos no valor de venda R$ 395,00 de IPI e R$ 294, 00 de ICMS. A empresa vendedora assumiu os fretes no valor de R$ 85,00 e o pagamento foi à vista.

    Informação adicional:
    A empresa é optante do Lucro Presumido.

    Pede-se:
    a) Apurar e contabilizar o valor da matéria-prima e os respectivos impostos (todos
    recuperáveis). [já resolvida pelo sr., se ñ estou enganado]
    b) Apurar e contabilizar os impostos a pagar do período e explicar se houve direitos ou
    obrigações com as respectivas operações.

    Observação: Todos os lançamentos contábeis sobre as operações apresentadas deverão ser efetuados.
    —————————————————————————–
    Como eu procederia na resolução da letra b)? A Adaptação alterou muita coisa na questão original?

    Responder
    1. Mário Jorge

      CONTABILIZAÇÕES PELA COMPRA DA MATÉRIA PRIMA
      Débito Estoque de Matéria Prima 2.508,00
      Débito I.P.I. a Recuperar 150,00
      Débito I.C.M.S. a Recuperar 342,00
      Crédito Fornecedores ou Caixa ou Bancos

      Débito Estoque de Matéria Prima 204,00
      Crédito Fretes a pagar ou Caixa ou Bancos 204,00

      CONTABILIZAÇÕES PELA VENDA DO PRODUTO ACABADO

      Débito – Duplicatas a Receber – 12.800,00
      Crédito – Receita Bruta com Vendas – 12.800,00

      Débito – Custo do Produto Vendido – 7.415,00
      Crédito – Estoque de Produto Acabado – 7.415,00

      Débito – IPI Sobre Vendas – 395,00
      Crédito – IPI a Recolher – 395,00

      Débito – ICMS Sobre Vendas – 294,00
      Crédito – ICMS a Recolher – 294,00

      Débito – Despesas com Fretes – 85,00
      Crédito – Caixa – 85,00

      APURAÇÃO DOS IMPOSTOS (considerando a compra de matéria prima e a venda do produto acabado)

      Débito = ICMS a Recolher = 294,00
      Crédito – ICMS a Recuperar = 294,00

      Débito – IPI a Recolher – 150,00
      Crédito – IPI a Recuperar – 150,00

      SALDO DOS IMPOSTOS

      IPI A RECOLHER = 245,00
      ICMS A RECUPERAR = 48,00

      Faltou informação quanto aos outros custos de produção e por esse motivo não fizemos lançamento de baixa do estoque de matéria prima, e de entrada no estoque de produto acabado

      Espero ter esclarecido,

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  9. Angela

    Boa Tarde

    Prof. Não entendi quanto ao valor de R$ 306,00 referente despesa de frete pago pelo vendedor. Se no calculo só é reconhecido o valor R$ 204,00 que a empresa compradora arcou.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Angela, boa tarde

      Na compra de mercadorias, o custo é composto do valor da mercadorias adicionado de todos os gastos que o COMPRADOR teve para receber a mercadoria e subtraído de todos os impostos recuperáveis.
      Na questão apresentada, o frete de 306,00 foi pago pelo vendedor e por isso não é considerado no custo do produto. Devemos considerar somente os 204,00 porque foram pagos pelo comprador.

      Espero ter esclarecido,

      Caso haja mais alguma dúvida, estou a disposição

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  10. Junior

    Prof. eu entendi suas explicações na vídeo aula de como chegou ao resultado.
    Porem, fiquei com uma duvida, se o valor do ICMS não entra no corpo da nota fiscal (como o IPI), não compõem o valor da nota fiscal, porque ele é recuperável? Desde já agradeço.

    Responder
    1. Mário Jorge

      Junior, boa noite

      O valor do ICMS não é destacado no corpo da nota, mas faz parte do preço do produto. Quando calculamos o preço do produto para colocar na Nota Fiscal, incluímos nele o valor do ICMS, por isso precisamos tirá-lo se ele for recuperável.

      Espero ter esclarecido,

      abçs
      Prof. Mário Jorge

      Responder
  11. Giovana Carmazio

    Boa tarde,muito obrigada,suas explicações são sensacionais !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>